Como as pulseiras hospitalares podem ajudar na segurança dos pacientes?

Como as pulseiras hospitalares podem ajudar na segurança dos pacientes?

Se você é da área de saúde, com certeza conhece bem as pulseiras hospitalares, mas você sabe como elas podem ajudar na segurança dos pacientes?

As pulseiras hospitalares são colocadas no braço do paciente assim que eles dão entrada nos hospitais, clínicas e centros de saúde.

O que muitos profissionais e visitantes não sabem é que essas pulseiras possuem objetivos bem mais abrangentes do que simplesmente atuar na identificação do paciente.

Na verdade, por conter códigos de barra, elas permitem acesso ágil a informações importantes como comorbidades, alergias, troca de curativos e realização de outros procedimentos.

Dessa maneira, as pulseiras hospitalares são instrumentos indispensáveis para manutenção da integridade e segurança dos pacientes, visto que estão associadas a essa solução tecnológica.

Qual a importância das pulseiras hospitalares para os pacientes?

A falta de identificação correta pode ser um risco tanto para o paciente, quanto para o hospital.

Isso porque dados incorretos fazem com que profissionais da área de saúde se confundam, por exemplo, na aplicação de uma medicação. Em consequência, a segurança do paciente é colocada em risco, assim como a imagem e credibilidade da instituição.

Comumente, os recursos mais utilizados em hospitais para identificar e ter acesso às informações do paciente é por meio dos prontuários em meio físico, etiqueta impressa nos exames, placa de identificação no leito e prescrição médica.

Assim, um único equívoco na tramitação de papéis físicos pode ter consequências sérias que podem até colocar em risco a vida dos pacientes.

Além disso, a instituição de saúde e os profissionais responsáveis podem responder por processos judiciais, acarretando custos e consequências gravosas.

Como as pulseiras hospitalares podem ajudar na segurança dos pacientes

Pense em uma cirurgia, por exemplo, em que o paciente precisa que seja operada a perna direita, mas por erro na gestão documental, a operação ocorreu no membro esquerdo.

É uma situação delicada em que a pessoa precisará não apenas se recuperar de um procedimento invasivo e desnecessário, como também passar por todo ele novamente.

Para além dos custos que deverão ser arcados agora pela instituição, já que ele foi o responsável pelo erro, existem todos os riscos envolvidos no procedimento em si para a saúde do paciente.

Assim, com a pulseira hospitalar, esse tipo de erro tem redução significativa,  contribuindo para a segurança de pacientes, profissionais de saúde e estabelecimentos hospitalares.

Pensando nisso, elencamos alguns dos principais benefícios de ter pulseiras hospitalares de qualidade na instituição de saúde, confira:

Resistência

As pulseiras médicas para impressão de códigos de barra são à prova d’água, sangue, sabão e outros líquidos.

Dessa forma, mesmo que o paciente molhe a identificação várias vezes ao dia, ela será preservada durante toda sua estadia.

Classificação do paciente

As pulseiras hospitalares possibilitam que os pacientes sejam atendidos conforme os protocolos de prioridade estabelecidos pelo hospital.

Geralmente, a classificação é feita pelo protocolo de Manchester, que é definido pela seguinte forma:

  • Vermelho: nível máximo de urgência
  • Laranja: quadro grave, mas com nível de urgência menor que o vermelho;
  • Amarelo: quadro clínico com gravidade moderada;
  • Verde: casos de menor gravidade e que podem esperar um tempo maior;
  • Azul: casos de atendimentos mais simples que podem aguardar ou serem encaminhados a outra unidade de saúde.

A classificação agiliza os atendimentos, evitando que pacientes de alto risco sejam submetidos a longos períodos de espera, agravando ainda mais sua situação.

Agilidade no atendimento médico

A pulseira hospitalar é uma solução inteligente e segura que facilita a gestão de pacientes e o cotidiano dos profissionais da saúde.

Por meio do código de barras, médicos e enfermaria passam a ter acesso a todas as informações do paciente, orientando a equipe com maior facilidade sobre os procedimentos a serem realizados.

Isso quer dizer que a identificação de cada paciente garante o tratamento correto e ministrado para a pessoa devida, como curativos, dietas, exames e aplicação de medicamentos.

Dessa forma, todo o atendimento é agilizado, afinal, o médico não precisa perder tempo consultando arquivos e anotações. Nesse caso, basta fazer a leitura do código de barras que os dados estarão disponíveis.

Otimização do controle gerencial

A pulseira hospitalar garante um maior controle gerencial do hospital. Em consequência, aumenta-se a efetividade das decisões gerenciais e na definição de estratégias que otimizem recursos e melhore os atendimentos.

Uma das facilidades para esse controle é que a solução permite contabilizar com facilidade a quantidade de pacientes que chegam ao estabelecimento.

Dessa feita, viabiliza-se até mesmo questões mais práticas, como as relacionadas à gestão de estoque, com o acompanhamento da quantidade de insumos, prazos de validade e índice de desperdício.

Como adquirir pulseiras hospitalares que podem ajudar na segurança dos pacientes

Se você busca praticidade, assertividade e segurança no serviço hospitalar, a TR Service desenvolveu uma solução que fornece pulseiras hospitalares que atende às especificações da ANVISA.

Por ser de fabricação própria da TR Service, nós também fornecemos todos os insumos necessários para os nossos clientes, com controle da qualidade e garantia de estoque.

Quer saber mais? Entre em contato com nossos especialistas e conheça a qualidade das pulseiras hospitalares TR Service!

Compartilhe esse post!


TR SERVICE - icones de empresas do grupo - B v2
TECNOSET - logotipo rodape compartilhado 2023