Etiquetas para bolsas de sangue: Por que priorizar o controle de qualidade desses insumos gráficos?

Etiquetas para bolsas de sangue: Por que priorizar o controle de qualidade desses insumos gráficos?

O manuseio correto das bolsas de sangue tem um papel fundamental em áreas hospitalares. Por ser um material relevante para a saúde dos pacientes é imprescindível que seja realizado o controle de qualidade, certificando-se de que todas as informações sejam preservadas.

O uso de etiquetas, nesse contexto, é um dos fatores que ajudam a garantir que o processo seja eficiente e de qualidade. Entretanto, para que isso aconteça antes é importante conhecer quais são os critérios para atingir um alto nível de excelência e como soluções tecnológicas podem ajudar nesse sentido.

Se você ficou interessado no assunto, continue a leitura do post e confira como manter a qualidade em etiquetas para bolsas de sangue.

Boa leitura!

Qual a importância das etiquetas para bolsas de sangue?

O uso de etiquetas para bolsas de sangue é fundamental nos hospitais. Elas ajudam na padronização dos processos e colaboram para um atendimento mais eficiente, além de otimizar a rotina de enfermeiros e médicos que atuam no local.

Em resumo, essa é uma solução procurada com o objetivo de simplificar atividades dentro do hospital e contribuir para procedimentos mais seguros aos pacientes que são doadores ou receptores.

As etiquetas contêm informações importantes sobre o estado de saúde do paciente, tipo sanguíneo e a data em que a bolsa de sangue foi estocada.

Isso possibilita que os colaboradores do hospital coloquem em prática os padrões estabelecidos para o armazenamento e para uso das bolsas de sangue. Nesse processo, também são evitados os riscos de causar algum dano ao paciente receptor.

As etiquetas facilitam diversos processos do âmbito hospitalar, como coleta, doações e exames laboratoriais.

Também vale ressaltar que o controle de bolsas de sangue por meio da tecnologia RFID (Radio-Frequency IDentification ou, em português, Identificação por Rádio Frequência) é ainda mais eficiente, possibilitando o rastreio das bolsas por todo trajeto até checar no paciente que irá utilizá-la.

Como devem ser as etiquetas para bolsa de sangue?

As etiquetas usadas para bolsas de sangue precisam seguir um padrão de qualidade, principalmente porque são materiais que estão inseridos no ambiente hospitalar. Assim, requerem cuidados específicos no armazenamento e centrifugação das bolsas.

Uma vez que todos os padrões são seguidos, também fica mais fácil ter um controle eficaz das informações, pois a integridade delas é mantida. Por outro lado, etiquetas que não têm qualidade ficam úmidas, o que causa a perda dos dados que estão inseridos nela, dificultando o atendimento e a identificação.

Cientes disso, separamos alguns critérios importantes sobre como devem ser as etiquetas para bolsas de sangue.

Confira!

Resistente às altas temperaturas

Etiquetas resistentes às altas temperaturas são desenvolvidas para diferentes necessidades e locais. Uma das principais características é que todas as suas camadas funcionam em conjunto, isto, é laminação, etiquetas e frontal.

Esse requisito tem grande importância, pois auxilia na eficiência de diversos processos, como centrifugação, esterilização e imersão em água quente.

Resistente às baixas temperaturas

Etiquetas que são resistentes às baixas temperaturas não são danificadas durante o armazenamento das bolsas de sangue. Estar atento a esse ponto é crucial, pois os hospitais costumam armazená-las em espaços com -70ºC.

Portanto, opte por etiquetas que sejam fabricadas com um material adequado para temperaturas extremas, como o congelamento.

Flexíveis

Outro aspecto que é padronizado nesse sentido é a flexibilidade das etiquetas, já durante o dia a dia o manuseio frequente das bolsas de sangue podem gerar problemas, como o levantamento do rótulo ou, ainda, criar bolhas.

Por isso, esse é um fator importante que precisa ser observado para garantir a qualidade do material por um período maior sem perder nenhum dado que está inserido na bolsa de sangue.

Como contar com a TR Service para aumentar o controle de qualidade dos bancos de sangue?

Manter o controle de qualidade é indispensável em um ambiente hospitalar. Fazer isso inclui estar de acordo com os padrões exigidos para a regulação de insumos gráficos utilizados no setor de saúde.

Logo, a identificação é um dos pontos que merecem atenção. Com o uso de etiquetas para bolsas de sangue é possível ter um controle mais efetivo desses materiais.

A TR Service conta com soluções especializadas que utilizam tecnologias de ponta. As etiquetas desenvolvidas a partir dos nossos serviços de impressão térmica garantem a integridade durante todos os processos de armazenamento e manuseio das bolsas.

Além disso, as reações químicas das etiquetas são nosso maior diferencial para o setor de saúde. São etiquetas térmicas que reage ao calor alterando a cor da região sensibilizada, facilitando o controle e a segurança da armazenagem, por exemplo.

Visto que a qualidade de etiquetas para bolsas de sangue contribui para a otimização dos processos hospitalares, buscar soluções e parceiros especializados colabora para um ambiente seguro.

Gostou do post? Entre em contato conosco e agende uma reunião para conhecer as melhores soluções tecnológicas para a rotina hospitalar!

Compartilhe esse post!