Rastreabilidade logística: qual a importância da implantação da tecnologia nos processos do seu negócio

rastreabilidade logística

Rastreabilidade logística: qual a importância da implantação da tecnologia nos processos do seu negócio

Com o avanço da digitalização, o setor logístico tem sido um dos mais impactados. Na prática, para acompanhar as demandas do mercado, hoje a área deve acompanhar com mais agilidade e precisão a movimentação de cargas e veículos.

O conceito de rastreabilidade logística tem sido cada vez mais comentado nesse cenário. Afinal, trata-se de um conjunto de tecnologias que podem ser aplicadas em toda a cadeia de suprimentos — desde o transporte, até a gestão de estoque.

Assim, a fim de explicar a importância e a aplicação dessa solução, criamos este artigo. Aproveite a leitura e tire suas dúvidas!

Conheça a aplicação da rastreabilidade na logística

Tecnologias de rastreamento contribuem no monitoramento dos processos logísticos de ponta a ponta. Mais do que visualizar um produto que saiu para entrega, estamos falando de identificar individualmente matérias-primas, peças, mercadorias e até os meios de transporte.

Desde a solicitação da matéria-prima, as empresas identificam lotes, caixas e até peças individualmente para monitorar toda a trajetória do produto. O setor alimentício, por exemplo, já é capaz de mapear de onde veio cada insumo, quem foi o produtor, qual caminhão transportou, em que embalagem foi armazenado, etc.

Já na saída ou expedição, os veículos de entrega são monitorados em tempo real, para que a gestão possa tomar decisões que agilizem as entregas e garantam a segurança da carga.

Mas para ajudar a compreender como a tecnologia atua em cada etapa da cadeia de suprimentos, podemos destacar alguns tipos diferentes de rastreabilidade logística. São eles:

·        rastreabilidade a montante: é o controle da origem do produto a partir do número do lote ou outro dado de identificação;

·        rastreabilidade a jusante: é feita para descobrir o destino do produto, qual o transporte usado, quem foi o destinatário final, etc.;

·        rastreabilidade do produto: é a identificação de cada lote produzido, a fim de permitir que a empresa identifique eventuais falhas em itens de série;

·        rastreabilidade interna: é o controle de produtos que entram e saem da empresa (gestão de estoque).

Entenda a importância da rastreabilidade logística na Indústria 4.0

Com novas tecnologias à disposição, é natural que as empresas se movimentem para se tornarem mais eficientes. Por outro lado, quem não se atualiza corre o risco de perder competitividade, já que a concorrência pode oferecer diferenciais como rapidez, custo baixo, segurança etc.

Tendo em vista essa dinamicidade, é preciso agir rápido para se manter firme no mercado. Veja os benefícios que isso traz para todos os envolvidos.

Para a empresa

A rastreabilidade logística aumenta o controle sobre a cadeia produtiva, oferecendo ao gestor mais transparência sobre cada processo. As atividades podem ser acompanhadas em tempo real, o que facilita a tomada de decisões para evitar falhas futuras ou mesmo para aumentar a eficiência operacional.

Para o consumidor

Toda otimização de processos logísticos favorece a redução de custos na produção, bem como a qualidade do produto final. Esses fatores, por sua vez, tendem a impactar também o consumidor final. 

No exemplo da indústria alimentícia isso é bem claro. Cada vez mais, fabricantes estão buscando formas de mapear toda a cadeia de processos para informar o consumidor — por meio de um código inserido na própria embalagem — sobre toda a trajetória dos insumos desde a fazenda produtora até sua residência.

Para o setor público

Os órgãos reguladores também passam a ter mais controle sobre os processos produtivos na indústria. Isso permite criar normas e leis mais eficazes para garantir a qualidade dos produtos que chegam ao consumidor. Tanto é que em alguns setores, como o farmacêutico e o alimentício, a rastreabilidade já é obrigatória.

Saiba quais são as tecnologias por trás da rastreabilidade logística

Para viabilizar esse nível de controle digital, é preciso implementar três níveis de tecnologia: uma voltada para a gestão, outra para a coleta de dados e uma terceira para a identificação dos itens em tempo real. Veja como funciona cada uma delas.

Etiquetas inteligentes

A Identificação por Radiofrequência (RFID) é um dos pilares da rastreabilidade logística. Trata-se de uma etiqueta inteligente capaz de transmitir dados por meio de ondas.

Seu diferencial é a facilidade para extrair as informações, já que não é preciso ter uma linha de visão direta, como no caso do EAN. A identificação de cada item dentro de um lote, por exemplo, é possível graças à inserção de uma etiqueta RFID em cada embalagem.

Coletores de dados

Se os materiais estão identificados, é preciso ter uma tecnologia para coletar e transmitir esses dados. Além dos leitores tradicionais, a tecnologia desempenha um papel cada vez mais relevante nesse setor. Graças a ela, pequenos dispositivos e sensores enviam dados por rede sem fio diretamente a uma plataforma digital.

Softwares de gestão

Todos esses dados devem ser centralizados em um software de gestão, que os transforma em informação interpretável. Dessa forma, além de monitorar em tempo real toda uma frota de veículos, por exemplo, é possível gerar relatórios e gráficos de desempenho para aperfeiçoar cada vez mais o desempenho do setor logístico.

Conheça as soluções de rastreabilidade da TR Service

Como você pôde ver, a rastreabilidade logística é uma tendência que veio para ficar. Então, por que não colocar essa tecnologia para trabalhar a seu favor agora mesmo?

A TR Service atua no mercado logístico, oferecendo soluções tecnológicas que facilitam a gestão de toda a cadeia de suprimentos. Algumas delas voltadas à própria rastreabilidade, por meio da impressão ágil e adequada das etiquetas inteligentes, capazes de identificar e monitorar os produtos e lotes.

Se quer entender melhor como elas podem ser implementadas no contexto específico da sua empresa, entre em contato conosco e fale com quem é especialista no assunto!

Compartilhe esse post!