Entenda o que é inventário de estoque e suas vantagens

Entenda o que é inventário de estoque e suas vantagens

O inventário de estoque dirige-se a uma área de enorme importância para qualquer empresa, uma vez que realiza o levantamento de quantos e quais bens estão, efetivamente, no estoque da organização.

Trata-se de um elemento crucial para que a gestão de materiais seja conduzida adequadamente. Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as principais informações sobre o assunto, bem como as vantagens inerentes a um inventário de estoque eficiente. Boa leitura!

O que é inventário de estoque?

O inventário de estoque pode ser compreendido como o processo de contagem dos itens que estão armazenados em um dado período. Após feito o levantamento, os registros mantidos são comparados aos resultados, a fim de averiguar eventuais discrepâncias, irregularidades e/ou erros.

Essa ferramenta, sem dúvidas, é uma das práticas mais elementares e sua correta realização gera vantagens que não se resumem à armazenagem, em si, afetando o andamento dos negócios e a empresa como um todo.

Quais são os seus objetivos?

O inventário de estoque visa oferecer a possibilidade de conferir itens que estão em falta, vencidos, danificados, sem uso etc. Além disso, as prestações de contas envolvem declarações de bens estocados.

Se a sua organização não sabe ao certo o que há em estoque, informações erradas podem ser fornecidas, levando à aplicação de sanções e multas.

Quais são as principais vantagens de um inventário de estoque?

A manutenção eficaz do estoque gera impactos positivos sobre diversas áreas da empresa. Entre as principais vantagens, destacamos as seguintes.

Qualificar o atendimento

Ao saber precisamente quais itens estão disponíveis, os vendedores podem otimizar suas vendas e elevar a credibilidade junto aos clientes. Quando inexiste controle, a possibilidade de ocorrerem erros é bem maior: vender produtos indisponíveis e garantir entregas imediatas, são exemplos de situações que podem irritar os clientes que, consequentemente, nunca mais voltarão a fechar negócios com a empresa.

Mensurar perdas

As perdas podem ser compreendidas como a diferenças entre o que, de fato, se encontra no estoque físico e o que consta no sistema. Desse modo, só há uma forma de descobrir divergências entre o estoque virtual e o real: contando os itens, ou seja, fazendo um inventário.

A partir dessa iniciativa, você conseguirá identificar a natureza das perdas e terá melhores condições para delinear ações capazes de evitar que o mesmo problema se repita no futuro. Tenha em mente que ao contar com informações corretas, é possível implementar melhorias e monitorar o desempenho de maneira muito mais eficaz.

Melhorar a reposição

A reposição do estoque é indispensável para os processos de vendas, uma vez que é a principal maneira de impedir que as prateleiras fiquem vazias, gerando rupturas ou excesso de itens parados.

A partir do inventário de estoque, as compras podem ser feitas com maior eficiência, permitindo, por exemplo, a implementação de soluções automatizadas (desde que o estoque virtual seja realmente digno de confiança).

Vele mencionar, por fim, que fazer o inventário de estoque é uma das poucas atividades empresariais que trazem apenas vantagens para o negócio. Com ele, a sua organização consegue administrar melhor os próprios recursos, assegura bons atendimentos e eleva a produtividade!

Gostou do artigo? Então, siga-nos nas redes sociais e se mantenha atualizado com os melhores conteúdos para você e sua empresa. Estamos no Facebook e no LinkedIn!

Compartilhe esse post!