Saiba o que é um datador de embalagem

Saiba o que é um datador de embalagem

Utilizar produtos expirados, sobretudo cosméticos e alimentos, pode expor os consumidores a diversos riscos. Em alguns casos, as reações adversas podem ser tão fortes que chegam a colocar a integridade e a vida dos clientes em perigo. Para evitar esses e outros problemas, existe o datador de embalagem.

As leis brasileiras exigem que os fabricantes disponibilizem certas informações, como o lote da mercadoria e a data de vencimento e fabricação, de maneira visível na embalagem.

Pensando nisso, neste artigo falamos sobre o que é um datador de embalagem, como ele funciona e em quais casos ele se aplica. Boa leitura!

O que é um datador de embalagem?

Um datador de embalagem pode ser entendido como um tipo de impressora, cuja única função é inserir as datas de vencimento e fabricação, bem como o número de lote em sua embalagem.

No passado, esse produto era manual, sendo necessário que uma pessoa colocasse o recipiente dentro da impressora, observando a posição correta para que os dados fossem adequadamente grafados. Essa era a única forma de utilizar um datador em embalagens de vidro, plástico ou, até mesmo, de metal.

Entretanto, a evolução tecnológica permitiu que os processos se tornassem mais fáceis e muito mais eficientes, a partir do surgimento de diferentes tipos de datadores.

Quais são os principais tipos de datadores de embalagem?

No setor industrial a automação permite que um número cada vez menor de tarefas dependa exclusivamente da intervenção humana, uma vez que a maioria das operações acontece de forma autônoma nas linhas de produção.

Com a impressão de datas nas embalagens isso não é diferente: existem modelos de datadores que operam de modo automático ou sem necessitar que uma pessoa toque nas embalagens em questão. Entre os seus principais tipos, destacam-se:

  • datadores automáticos: em muitas ocasiões, os datadores estão automaticamente incluídos nas linhas de produção. Sendo assim, não é preciso que uma pessoa posicione o equipamento ou máquina — a própria linha se encarrega disso;
  • datadores manuais: nesse caso, um trabalhador posiciona corretamente a embalagem para a impressora exercer pressão sobre o local. Dessa forma, os dados necessários nas embalagens serão inseridos imediatamente;
  • datadores a laser: esses equipamentos utilizam a tecnologia a laser para efetuar a impressão. Assim, contatos diretos com as embalagens são dispensados, tornando o processo ainda mais eficiente.

Como um datador de embalagem pode ser útil?

O datador de embalagem faz exatamente o que sugere seu nome: data embalagens com o vencimento e sua fabricação, insere número de lote, códigos de barras e, até mesmo, QR Code (caso tal opção exista no equipamento escolhido).

Esses são apenas alguns exemplos das utilidades do datador de embalagem, embora seja possível programar praticamente qualquer conteúdo para ser impresso. Tenha em mente que, além de indicar aos consumidores a validade dos produtos, os dados contidos nas embalagens são uma excelente ferramenta para que a empresa controle melhor a sua produção.

Convém ressaltar, por fim, que é imprescindível escolher o tipo adequado de datador de embalagem para atender as reais necessidades de sua operação.

Este artigo foi útil para você? Então, compartilhe este post nas redes sociais e mostre aos seus contatos a importância dos datadores de embalagem!

Compartilhe esse post!