Ribbon: saiba o que é, para que serve e quais são os tipos

Ribbon: saiba o que é, para que serve e quais são os tipos

Todos que utilizam impressoras térmicas já devem ter ouvido falar sobre ribbon, mas podem não saber qual é a sua real importância e função no processo de impressão. Por esse motivo, preparamos este texto para falar sobre o que é essa fita e para que ela serve. Grosso modo, podemos compará-la ao toner das impressoras tradicionais.

A fita de transferência térmica do ribbon pode ter um revestimento de resina, cera ou mista (resina e cera). Lembrando que cada material apresenta uma especificação própria, podendo variar na impressão entre filme ou papel e na resistência à umidade, agentes químicos, atrito etc.

Ficou curioso e quer saber mais detalhes sobre o ribbon? Então continue acompanhando o texto e confira. Boa leitura!

O que é ribbon?

O ribbon, conhecido como TTR (Thermal Transfer Ribbon — ou, em português, Fita de Transferência Térmica), é o principal suprimento usado em impressoras térmicas, sendo aquele que produz as impressões.

Trata-se de um tipo de película plástica toda revestida com tinta que transfere as informações para o suporte assim que passa pela cabeça térmica e recebe aquecimento. O ribbon tem um lado coberto de silicone e outro lado coberto de tinta. Quando recebe calor, a tinta se desgruda do ribbon e o silicone ajuda o calor a ser dissipado.

Eles são bastante usados para a impressão de código de barras e, sobretudo, de etiquetas, uma vez que ajudam a economizar materiais, tendo ainda um baixo custo. É importante mencionar que o ribbon é fabricado em configurações distintas, para diferentes finalidades e para cada tipo de impressora. Ou seja, ele vai variar em:

  • entintamento externo ou interno;
  • tipos de tinta (resina, cera ou misto);
  • nedidas (largura do rolo, comprimento do ribbon, diâmetro do tubete);
  • cores (a fita mais comum é o preto, mas há também em outras cores, como o ribbon vermelho).

Para que serve essa fita?

As TTR — desenvolvidas especialmente para a utilização em cadeias de suprimentos e em atividades de automação industrial — são etiquetas neutras que, por meio da transferência térmica, fazem o aquecimento do ribbon realizando a transferência dos pigmentos de tinta para o substrato da etiqueta.

Isso acaba garantindo maior qualidade na impressão de códigos de barras e caracteres pequenos com maior resistência, quando se compara com os métodos de impressão convencional, como jato de tinta ou laser.

Estamos falando aqui sobre uma tecnologia de baixa manutenção e considerada extremamente segura. Essas fitas podem ser utilizadas em diversos tipos de impressoras para variadas aplicações. O uso do material do ribbon vai depender do tipo de papel ou filme, do tempo que a impressão deve durar, da resistência a altas e baixas temperaturas, a agentes químicos, entre outros critérios.

Se a escolha dos ribbons e do material das etiquetas for realmente boa, a impressão vai ser de excelente qualidade e muito mais duradoura. Além disso, o ribbon acaba protegendo a cabeça de impressão dos equipamentos, uma vez que evita o contato direto com o filme ou com o papel.

Entenda, no próximo tópico, a diferença entre essas fitas e suas aplicações mais comuns.

Quais são os tipos de ribbon existentes?

Existem basicamente três tipos de ribbons: de resina, misto e de cera. Cada um deles é recomendado para aplicações bem distintas e, assim como na definição da impressora, é fundamental contar com a ajuda de um profissional que tenha muito conhecimento técnico sobre o produto.

Sem esse auxílio na hora da compra, a chance de suas etiquetas serem impressas sem a resistência ou a qualidade necessária é muito grande. Confira, a seguir, as principais características de cada tipo!

Ribbon de resina

Película plástica com resina é aplicada em filmes (poliéster, polipropileno, polietileno etc.), usada em materiais que são expostos a riscos de atritos como umidade, congelamento, contato com substâncias ácidas, materiais de limpeza, calor, entre outros.

Exemplos de utilizações:

  • etiquetas para uso em produtos que são armazenados em câmaras frias;
  • impressões em etiquetas para indústrias automotivas;
  • etiquetas para laboratórios e hospitais;
  • produtos químicos etc.

Vantagens do ribbon de resina:

  • oferece resistência a altas temperaturas;
  • garante total resistência a produtos abrasivos e químicos;
  • proporciona ótima qualidade de impressão com diminuição de energia na cabeça térmica;
  • tem alta capacidade de dissipação estática;
  • produz códigos de barras em maior velocidade e com alta qualidade.

Ribbon misto

Película plástica composta por resina e por cera, apresenta resistência à umidade e ao calor menor do que os de resina e maior do que os de cera. É muito usada em impressões em filme ou papel, recomendado para soluções que precisam de mais durabilidade e resistência.

Normalmente usados quando a etiqueta sofre algum atrito, principalmente no transporte da carga.

Exemplos de utilizações:

  • etiquetas de advertência;
  • impressões em etiquetas para estantes;
  • etiquetas para componentes;
  • etiquetas para indústria automobilística;
  • etiquetas para inventários;
  • etiquetas para caixa de DVD e CD;
  • etiquetas para gôndolas.

Principais vantagens do ribbon misto:

  • oferece uma versatilidade bem maior para aplicações em condições extremas;
  • maior resistência a riscos, borrões, produtos químicos e manchas;
  • imprime em baixas temperaturas e altas velocidades.

Ribbon de cera

Película plástica composta por cera, muito usada para impressões de dados, etiquetas adesivas e códigos de barras em papel. Por se tratar de um material bastante frágil, o insumo não deve apresentar restrições a variações de atrito, temperatura e umidade.

Esse é um ribbon que emite impressões de alta velocidade com grande qualidade e ainda apresenta baixo custo.

Exemplos de utilizações:

  • etiquetas para indústria farmacêuticas;
  • impressões em etiquetas para expedição;
  • etiquetas nutricionais;
  • etiquetas para inventários;
  • etiquetas para sinalizações;
  • etiquetas para parquímetro;
  • entre outros.

Principais vantagens do ribbon de cera:

  • oferece uma nitidez bem maior na impressão de códigos de barra;
  • permita que a vida útil da cabeça térmica de impressão seja mais longa;
  • maior resistência a borrões e riscos;
  • proporciona imagens mais contrastadas e claras.

É importante destacar que a escolha do tipo de ribbon precisa considerar quais serão os usos do material impresso, afinal, esse detalhe vai determinar qual a melhor fita de transferência térmica a ser utilizada, certo?

Lembre-se de que utilizar o ribbon de forma errada certamente vai causar problemas no resultado final da impressão, aumentando consideravelmente os custos. Portanto, procure avaliar com bastante cuidado e atenção as suas necessidades antes de decidir qual fita de transferência térmica usar.

Se interessou e quer conhecer nossos serviços e produtos? Se você deseja escolher um ribbon de qualidade, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo!

Compartilhe esse post!